Cartaxo evita antecipar decisão sobre permanência na disputa pela Prefeitura de João Pessoa e dá sinais que pode voltar atrás

Após desistir das prévias contra a candidata Cida Ramos, o deputado estadual Luciano Cartaxo evitou antecipar se vai permanecer ou não na disputa pela prefeitura de João Pessoa nas eleições desse ano, ou seja ele pode voltar atrás na decisãojá anunciada de não árticipar do pleito. Quando questionado, ele desconversou sobre a interferência da Executiva Nacional no cenário pessoense.

“Temos que aguardar as definições em relação ao que a Executiva Nacional irá fazer. Não há nenhuma decisão tomada, não vou trabalhar sobre suposições. A única decisão tomada é que não haverá prévia em João Pessoa, então eu não vou trabalhar sob essa condição. Tomei uma decisão em cima de um fato concreto, de que não haveria previas. Agora vamos aguardar”, ponderou Cartaxo em entrevista ao Arapuan Verdade.

A direção estadual do PT na Paraíba recebeu um comunicado do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) da legenda determinando que as prévias para a escolha do candidato na capital sejam suspensas até a próxima reunião da diretoria nacional, marcada para o dia 26 deste mês.

A cúpula do PT de João Pessoa e da Paraíba se reuniram sexta-feira passada (15) com integrantes da executiva nacional na tentativa de acabar com o impasse gerado dentro do partido sobre a prévia para escolha do nome que irá concorrer à prefeitura.

As prévias estavam marcadas para o dia 7 de abril. Os nomes na disputa eram da deputada estadual Cida Ramos e do deputado estadual Luciano Cartaxo. No entanto, Cartaxo retirou, no dia 11 deste mês, o seu nome do páreo, ficando apenas Cida Ramos como pré-candidata.

CLICK PB