Homem é preso suspeito de matar namorada grávida com lâmina de barbear

O rapaz de 18 anos que confessou à Polícia Civil ter matado a namorada grávida com um barbeador passará por audiência de custódia no início da tarde desta terça-feira (19).

Kayque Sales Simões confessou que planejou a morte da namorada Kaylane Vitória Alves, de 19, porque ela estava grávida. O jovem foi preso em flagrante após ter sido entregue à Polícia Militar pelo próprio pai. Ele responde por feminicídio.

O caso aconteceu no último domingo (17). De acordo com a PM, uma equipe foi acionada para verificar um homicídio no Rio das Pedras, na zona oeste do Rio de Janeiro, e encontrou o corpo da jovem na casa onde morava.

De acordo com o relatório da Polícia Civil, enviado à Justiça, câmeras de segurança mostraram o rapaz chegando e deixando o imóvel. Ele teria coberto o rosto na tentativa de não ser identificado.

Ainda segundo o documento, Kayque afirmou aos policiais que o crime teria ocorrido depois de uma discussão relacionada à gravidez da moça, uma vez que, segundo o suspeito, a jovem se relacionava com outros homens.

Kayque informou aos investigadores da Delegacia de Homicídios da Capital que teria premeditado usar uma lâmina de barbear para cortar o pescoço da vítima, por isso levou o objeto para a casa da moça. 

“Esta autoridade policial verifica que não há qualquer dúvida acerca da autoria do crime, podendo ser afirmado que o conduzido, objetivamente, de forma livre e consciente tirou a vida de sua namorada, tendo a vítima sido morta por esgorjamento realizado com uma lâmina de barbear, tendo o autor fugido em seguida do local logo em seguida, sem prestar socorro à vítima”, narra o documento, assinado pelo delegado André Renato Ramos.