OPERAÇÃO PRODÍGIO: Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão de acusados de fraude em empréstimos e financiamentos bancários, em Guarabira

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em imóveis de suspeitos de fraudes em financiamentos bancários e financiamentos de veículos, na zona rural de Guarabira, na Paraíba. Os mandatos fazem parte da Operação Prodígio, deflagrada na manhã desta quarta-feira (20) pela Polícia Civil.

Até o momento, a polícia constatou pelo menos 20 pessoas prejudicadas, chegando a um prejuízo de mais de R$ 200 mil reais. Também houve o bloqueio de bens dos envolvidos

Segundo a investigação, que teve início em outubro de 2023, o grupo conseguia a documentação de pessoas vulneráveis na comunidade rural, como idosos e pessoas com deficiência (PCD), e logo depois, contraíam empréstimos bancários, deixando as vítimas com o prejuízo. Os contratos eram assinados virtualmente por meio do reconhecimento facial dos prejudicados em aplicativos de bancos.

Um dos envolvidos é Sebastião Francisco de Sousa, presidente da Associação dos Produtores Rurais do Sítio Tananduba, em Guarabira. Ele é apontado como líder do esquema e confessou o crime durante interrogatório.

Sebastião ocupa o cargo de presidente da associação desde agosto de 2023 e recentemente trabalhava em sua pré-candidatura para vereador de Guarabira.

Por nordeste1