Ministério Público apura existência de servidores fantasmas e ‘rachadinha’ em Câmara Municipal, na Paraíba

O promotor de Justiça, Yuri Araújo Rodrigues, determinou a instauração de Inquérito Civil nº 037.2024.000246 para apurar irregularidades na Câmara Municipal de São Bento, no Sertão paraibano. A medida foi publicada na edição do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público da Paraíba dessa quarta-feira (20). Veja documento mais abaixo.

De acordo com a denúncia encaminhada ao Ministério Público, estaria havendo a prática de ‘rachadinha’ e servidores fantasmas no Poder Legislativo do município.

O termo ‘rachadinha’ diz respeito à prática de exigir que o servidor devolva parte ou todo o salário.

O documento não traz mais detalhes sobre as supostas irregularidades e nem se teria causado prejuízos aos cofres públicos do município.

A reportagem disponibiliza o espaço para que os citados possam se pronunciar a respeito dos fatos, caso queira.

Confira o documento: