PRF prende quatro pessoas e apreende veículos e arma, na Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba realizou, entre o início da tarde da última sexta-feira (22) e manhã desta segunda-feira (25), por meio de fiscalizações de combate ao crime e segurança viária, realizadas do litoral ao sertão paraibano, a localização de quatro veículos, sendo dois deles roubados/furtados, um adulterado e outro com irregularidades. No decorrer das ações policiais, quatro pessoas foram detidas, sendo uma delas um foragido da Justiça de alta periculosidade. Um revólver com numeração raspada e municiado foi apreendido.

A primeira ocorrência se desenvolveu em João Pessoa, capital paraibana, no dia 22 de março, por volta das 12h, na BR-101, quando equipe da PRF visualizou um Citroën C3 com as películas do vidro muito escuras, não sendo possível visualizar o interior do veículo. A pessoa que conduzia o carro, ao avistar a aproximação da viatura, mudou de faixa repentinamente, sem motivo justificável e sem dar seta. Prontamente, o veículo foi abordado a fim de ser realizada uma fiscalização minuciosa. Seguindo os protocolos, foram solicitados os documentos de habilitação e do veículo. O condutor, um homem de 33 anos, relatou não possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Na posse de sua identificação, foram realizadas consultas nos sistemas de segurança, onde foi verificada a existência de mandado de prisão em seu desfavor. Ele era procurado pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e furto. O indivíduo foi preso e encaminhado para a Central de Polícia, onde ficará à disposição das autoridades cabíveis para cumprimento da pena imposta pela Justiça. O veículo passará pelos procedimentos administrativos referentes às infrações de trânsito realizadas.

A próxima ação se deu na noite deste mesmo dia, por volta das 19h35, desta vez no município de Santa Rita, região metropolitana da capital, também na BR-101, no momento em que agentes da PRF avistaram um veículo do tipo Gol estacionado ostentando placa de identificação sem cadastro nos sistemas de fiscalização. Diante da inconsistência observada, o carro foi abordado, ficando constatado que ele estava adulterado. No decorrer dos procedimentos não foi possível localizar quem estava na posse do automóvel. Sendo assim, o veículo foi recolhido e encaminhado para Delegacia de Polícia Judiciária do município, onde serão realizados os procedimentos cabíveis.

No município de Pocinhos, agreste paraibano, na manhã do último sábado (23), às 10h40, na BR-230, policiais rodoviários federais abordaram um ônibus de linha a fim de realizar orientações relativas à segurança viária e identificar alguma irregularidade. Durante os procedimentos, um homem de 33 anos apresentou bastante nervosismo, motivo pelo qual foi solicitado que abrisse a sua mochila, momento em que foram localizados R$ 40.560,00 em espécie. Ele relatou que a grande quantia de dinheiro era devido a vendas de óculos e que costumava transportar grandes valores assim em ônibus, pois Barão de Grajaú-MA não havia bancos, fato em que foi consultado e constatado que nesta cidade existe rede bancaria. Ele relatou que iria para João Pessoa e depois retornaria para Juazeiro-CE. Contudo, entrou em contradição ao relatar o local de sua hospedagem. Fatos que levantaram suspeita dos policiais. Sendo assim, ele foi detido e encaminhado com o dinheiro para a Delegacia de Polícia Judiciária do município de Esperança-PB, onde poderá responder criminalmente pelo crime de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores.

Já no município de Cajazeiras, sertão paraibano, na tarde do último domingo (24), às 16h30, na BR-230, equipe policial abordou um caminhão Volvo/FH 540T que tracionava dois semi reboques. Durante os procedimentos de fiscalização, o condutor forneceu os documentos veiculares dos veículos. Durante consultas aos sistemas, foi identificada divergência na AET (Autorização Especial de Trânsito). Na AET apresentada pelo condutor, houve a inserção de dado falso no sistema de expedição da AET do DNIT referente ao comprimento total da combinação veicular. O condutor relatou não saber que estava com dados errados. Diante dos fatos narrados, foi realizado um Boletim de Ocorrência Policial (BOP) para encaminhamento posterior via ofício institucional. O veículo foi autuado conforme previsão do artigo 231, IV do CTB (dimensão do veículo ou de sua carga sem autorização) e recolhido ao pátio conveniado para as devidas regularizações.

Cerca de 30 minutos após a ocorrência anterior, desta vez no município de Mamanguape, litoral norte paraibano, na BR-101, equipe da PRF realizava fiscalização quando visualizaram uma motocicleta Honda Bros sem retrovisor transportando dois homens. Durante consulta ágil nos sistemas de segurança, foi identificado que a moto era roubada/furtada. Rapidamente, foi dada ordem de parada, não sendo obedecida. O condutor deu início a uma tentativa de fuga em alta velocidade, pondo em risco a vida dos demais usuários da rodovia. O passageiro chegou a insinuar que puxaria uma arma de fogo da mochila do condutor. Contudo, mediante uma manobra veloz e da expertise policial, a moto foi interceptada. No decorrer da abordagem, foi localizado um revólver calibre .38 com numeração raspada e sete munições prontas para uso. Também foram localizados um aparelho bloqueador de sinal e um detector de sinais GSM. Diante dos fatos evidenciados, o condutor e passageiros, homens de 30 a 25 anos, foram detidos e poderão responder criminalmente por receptação de veículo e posse ou porte ilegal de arma de fogo.

No final da noite de ontem, às 21h50, no município de Alhandra, litoral sul paraibano, também na BR-101, policiais realizavam rondas ostensivas quando foram informados pela Guarda Municipal do município que um Fiat Palio estava aparentemente abandonado às margens da rodovia. Diante da comunicação, equipe da PRF realizou abordagem do automóvel para verificar sua origem, momento em que foram realizadas consultas aos sistemas de segurança que identificaram que o carro tinha um registro de roubo/furto em seu desfavor. O automóvel foi recolhido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária, onde passará pelos trâmites cabíveis para ser devolvido ao seu legítimo dono.

Na manhã de hoje (25), às 07h45, também no município de Alhandra, na BR-101, foi abordado um caminhão Vw/24.280 Crm 6×2 transportando madeira serrada oriunda de reflorestamento. Seguindo os procedimentos de fiscalização, foram solicitados os documentos fiscais da carga. O condutor, um homem de 53 anos, apresentou uma nota fiscal referente a 25m³ de madeira. Contudo, em verificação da carga, constatou-se que havia 35m³. Questionado sobre a nota fiscal da carga excedente, o indivíduo relatou não possuir. Conforme os fatos observados, o condutor foi encaminhado pelo crime de transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal para as autoridades da Receita Estadual, onde serão realizados os procedimentos cabíveis.