Polícia da Paraíba prende acusado de homicídio 25 anos depois do crime no Rio de Janeiro

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa segunda-feira (1º), em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, um homem condenado por homicídio que aconteceu há 25 anos atrás em Campina Grande. A ação da  Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa contou com apoio da 21ª Delegacia de Bom Sucesso da Polícia Civil carioca.

De acordo com as investigações, o suspeito de 48 anos  teria assassinado a tiros a vítima identificada como João Pereira da Silva, em 18 de julho de 1999, na Rua São Benedito, bairro Jeremias, em Campina Grande.

Os investigadores constataram que o crime foi motivado por vingança, pois havia um desentendimento anterior entre a vítima e o suspeito, considerando-se que a vítima registrou boletim de ocorrência, meses antes, acusando o suspeito de ter invadido sua casa e destruído vários objetos.

O suspeito estava foragido desde então, havendo contra si um mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campina Grande.

Após troca de informações entre as polícias, foi possível a localização do suspeito na cidade de Nova Iguaçu, onde residia há anos, efetuando-se sua prisão no interior de sua residência.

O suspeito será encaminhado à audiência de custódia no estado do Rio de Janeiro e deverá ser recambiado à Paraíba nas próximas semanas.