Tarado de Santa Rita tentou esfaquear policial e foi ferido a tiro antes de ser preso, revela delegado

Tarado de Santa Rita tentou ferir um dos policiais que participavam da ação. Atingido por um tiro, ele foi socorrido pelo Samu.

O tarado de Santa Rita, que estava sendo procurado por cometer pelo menos nove estupros em Santa Rita, tentou esfaquear um policial antes de ser preso. A informação foi confirmada pelo delegado João Paulo Amazonas, que participou da prisão do suspeito. O suspeito foi preso em Canguaretama, no Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (4).

O delegado contou que ao perceber a presença da polícia, o suspeito reagiu a prisão. Armado com uma faca, ele tentou atingir um dos policiais. Houve reação e os policiais conseguiram ferir o suspeito com um tiro na perna esquerda.

“Ele reagiu quando viu os policiais. Estava armado com uma faca e veio para cima de um policial. Tivemos que usar a força proporcional e efetuamos um disparo. Ele foi atingido na perna esquerda e socorrido pelo Samu”, afirmou o delegado.

Ferido, o homem foi socorrido para um hospital da região. Após receber alta, ele será trazido para a Paraíba.

A investigação contra o tarado de Santa Rita é presidida pela Delegacia da Mulher em Santa Rita, que tem a delegada Amim Oliveira como titular. O tarado de Santa Rita responde por pelo menos nove estupros e, também por roubos.

“Demos apoio ao pessoal da Delegacia da Mulher e conseguimos efetuar essa prisão. Ele responde por nove estupros e, também por roubos, já que além de estuprar ele roubava as vítimas. Vamos aguardar esse atendimento médico e representar para que ele seja levado para a Paraíba o quanto antes”, finalizou o delegado.

Por ClickPB