Moro é absolvido pelo TRE-PR e escapa da cassação por 5 a 2

Cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil) foi rechaçada por 5 desembargadores do TRE-PR, enquanto 2 votaram contra o ex-juiz; PT e PL devem recorrer ao TSE.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) absolveu, nesta terça-feira (9), o senador Sergio Moro (União Brasil) das acusações de abuso de poder econômico, caixa 2 e uso indevido dos meios de comunicação na campanha eleitoral de 2022. O placar foi de 5 a 2, em sessão que teve quase 7 horas de duração.

O tribunal analisou uma ação movida pela federação formada por PT, PCdoB e PV e outra pelo PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro. Com o resultado, Moro tem o seu mandato no Senado preservado.

A análise do caso teve início no dia 1º de abril e foi interrompida três vezes por pedidos de vista (mais tempo para análise do processo). Os advogados que representam o PT e o PL, que apresentaram as ações contra Moro, ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por CNN