PF investiga suspeito de usar documento falso para aplicar golpes e estelionato na Paraíba

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (15), a Operação Fourrée, na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, com o objetivo de combater crimes de moeda falsa, estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

De acordo com as investigações, foram confirmados indícios de que o investigado adquiriu e distribuiu notas falsas no comércio local, além de praticar diversos golpes com cartão de crédito, transferências via pix e até mesmo empréstimos fraudados por meio da criação de empresas fantasmas.

O mandado de busca e apreensão foi expedido pela 14ª Vara Federal de Patos, e foi cumprido na residência do investigado, localizada no bairro Jardim Santa Tereza, em Patos.

A operação de hoje foi batizada de Fourrée, palavra francesa que significa “recheado” ou “folheado”, remontando às primeiras falsificações de dinheiro da história, que eram realizadas por meio da técnica de folheamento, em que o núcleo da moeda era preenchido com metal barato e apenas revestido com o metal precioso para se parecer com a sua contraparte verdadeira.