Petrus Cartaxo o “Pisca” é preso em Cabedelo acusado de organizar rinha de galo e ameaçar deputada

A prisão de Petrus Cartaxo foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

O empresário paraibano Petrus Cartaxo, o ‘Pisca’, foi preso no último dia 30 em Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

‘Pisca’ é acusado de organizar e participar de uma ‘rinha de galo’ naquele estado e também ameaçar uma deputada.

Segundo apurou a reportagem, os episódios teriam ocorrido no fim do mês de janeiro deste ano.

1 /4

À polícia, Petrus negou a participação e organização no evento e que não ameaçou a deputada estadual Joana D’arc, mas sim teria sido ameaçado pelo marido da mesma.

À polícia, ele confirmou que é criador de galos da raça ‘Mura’, aproximidamente 500, espalhados por todo o país.

Petrus foi encaminhado à central de Polícia Civil, na cidade da Polícia, no bairro do Geisel.

Petrus atua na venda de telefones e assistência técnica.

| Confira fotos e vídeos de Petrus:

 

Por ClickPB