Trens batem em Buenos Aires, na Argentina, e 60 ficam feridos

Imagem aérea mostra trens da rede de metrô de superfícies de Buenos Aires, na Argentina, após colisão, em 10 de maio de 2024. — Foto: Franco Dergarabedian/ AP

Veículos faziam parte da linha de metrô de superfície de San Martín, na capital argentina, e colidiram perto da estação de Palermo após um deles descarrilar. Serviços de emergência falaram de 60 feridos pelo choque.

Um trem da linha de metrô de superfície de Buenos Aires, na Argentina, se chocou com outro ao descarrilar na manhã desta sexta-feira (10).

A batida ocorreu em Palermo e deixou 60 feridos, dois deles com gravidade, segundo serviços de emergência da capital argentina.

Segundo o jornal “Clarín”, o trem fazia parte da linha San Martín e circulava em direção à estação do Retiro. O veículo se chocou contra outro que estava parado na mesma direção, em uma ponte na altura da avenida Figueroa Alcorta.

Ainda de acordo com a publicação, o trem parado não tinha passageiros e fazia a manutenção da pista.

Os serviços de emergência afirmaram que “dezenas” de pessoas ficaram feridas, mas não informaram o estado de saúde delas até a última atualização desta reportagem. Meios locais falaram de cerca de 70 feridos.

Segundo a agência de notícias Associated Press, equipes de emergência atendiam diversas pessoas deitadas no chão no local.

Trem da rede de metrô de superfície de Buenos Aires após colisão com outro, em 10 de maio de 2024. — Foto: Rodrigo Abd/ AP
Passageiro de metrô de Buenos Aires, na Argentina, é levado em maca por equipes de emergência após trens colidirem, em 10 de maio de 2024. — Foto: Natacha Pisarenko/ AP

Fonte: G1