Presidente do Campinense renuncia ao cargo

Foto: Ascom/Campinense

O presidente Lênin Correia entregou uma carta de renúncia do Campinense Clube, citando planos de golpe durante as últimas eleições do clube paraibano.

Sua gestão, que não completou um ano, enfrentou críticas pela eliminação no campeonato estadual e problemas financeiros, incluindo atraso de salários e contas não quitadas.

A torcida já pedia sua saída, enquanto Lênin tentava “salvar o clube” de um grupo que, segundo ele, pouco fez em duas décadas.

Fonte: ParaibaOnline