Mulher é morta e arrastada por moto após encontro no Mato Grosso

0
8

Segundo as autoridades, corpo foi encontrado abandonado em uma área de mata próximo à casa do suspeito; autor do crime segue foragido.

Uma mulher, de 24 anos, foi brutalmente assassinada após se encontrar com um homem no último sábado (1º) no município de Sinop, a cerca de 500 km de Cuiabá, no Mato Grosso. Segundo as autoridades, o autor do crime, depois de cometer o ato, ainda amarrou o corpo da jovem a uma moto e a arrastou por uma rua.

De acordo com a Polícia Civil do estado, o corpo foi encontrado pelo irmão da moça abandonado em uma mata fechada no bairro Parque das Araras, na noite deste domingo (2). Em relato à polícia, familiares disseram que no último sábado (1º), a vítima havia saído com o suspeito, de 32 anos, e desde então não havia sido mais vista.

Segundo a polícia, desconfiados do que pudesse ter ocorrido, os parentes entraram em contato com o homem que alegou ter deixado a moça na casa dela por volta das 22h00 de sábado. No domingo (2), um dia após o sumiço da jovem, os familiares compareceram à casa do suspeito. Ao chegarem à residência, identificaram marcas de sangue do lado de fora do apartamento.

Após não encontrarem o homem no local, o irmão da vítima decidiu procurar por ela nas proximidades do prédio, foi quando encontrou o corpo jogado em uma valeta no meio da mata. Depois de acionados, agentes do Corpo de Bombeiros realizaram a retirada da estrutura da área.

A polícia acionou a perícia técnica que, após uma vistoria, identificou uma corrente enrolada no pescoço do corpo da vítima. A estrutura também apresentava sinais de decapitação.

À procura por imagens de câmeras de segurança, os agentes verificaram que o suspeito deixou a quitinete em que morava por volta das 4h55 deste domingo (2). Uma das câmeras ainda registrou o homem em ação. Durante a madrugada, ele surge em rua deserta em cima de uma motocicleta arrastando o corpo da vítima por uma corrente amarrada ao veículo.

Até o momento, o autor do crime não foi localizado. A polícia segue com as investigações para a captura do suspeito.

A CNN procurou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do estado para mais informações sobre o caso. Os bombeiros enviaram nota sobre o caso.

No dia 2 de junho de 2024, por volta das 23h30, o 4º Batalhão Bombeiro Militar recebeu uma solicitação da Polícia Militar via telefone 193, informando sobre a presença de uma pessoa do sexo feminino de 24 anos, encontrava-se em óbito dentro do valetão localizado na Avenida Perimetral Norte, Jardim das Violetas.

Imediatamente, a Guarnição da ATS deslocou-se até o endereço mencionado. Ao chegarem no local verificaram que a Politec e Policia Civil já encontravam-se presentes. A GU então estudou a melhor forma de retirarem a vítima (em óbito), que encontrava-se em uma área de difícil acesso, especificamente em um valetão (área de drenagem de água).

Para efetuar o resgate, a equipe utilizou a técnica de maca-cesto e uma escada para a retirada da vítima. Após a retirada da vítima, ela foi entregue aos órgão competente “Politec” para a realização dos procedimentos necessários.

Por CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui