Homem morre ao fazer peeling de fenol e influencer é procurada

© Reprodução/Redes sociais

O caso está sendo investigado como homicídio

Há um caso gerando controvérsia nas redes sociais, depois da morte de um empresário de 27 anos. Henrique Silva Chagas morreu, na segunda-feira (3), após realizar um peeling de fenol, em São Paulo, na clínica de Natalia Fabiana de Freitas, mais conhecida como Natalia Becker, uma influenciadora digital, que agora é procurada pelas autoridades.

O caso, que inicialmente foi registrado como morte suspeita, passou ser investigado como homicídio, segundo revelou  a Secretaria da Segurança Pública (SSP). Sabe-se que a mulher não estava habilitada para realizar o procedimento, que só pode ser feito por médicos.

Uma das linhas de investigação pela polícia é a de que Henrique possa ter tido algum tipo de reação alérgica ao tratamento e morrido por “choque anafilático” devido ao uso de alguma substância química.

Marcelo Camargo, companheiro da vítima, que estava presente, contou que a mulher não pediu nenhum exame médico anterior para saber se o paciente era alérgico a algum medicamento.

A Prefeitura de São Paulo, responsável por fiscalizar o funcionamento de estabelecimentos na cidade, informou que fechou e multou o Studio Natalia Becker, porque não teria autorização para realizar o peeling de fenol. Antes, o local funcionava com permissão para fazer apenas tratamentos estéticos.

Natalia Becker tem 29 anos e tem clínicas de estética em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia. Além disso, contava com 200 mil seguidores nas redes sociais, mas a conta foi entretanto desativada.

Testemunhas ouvidas pela polícia contaram que Natalia alegou que se sentiu mal após a morte de Henrique e que precisou de ser levada a um hospital, motivo que levou a que não se apresentasse às autoridades. Contudo, a polícia continua tentando localizá-la.

Vale destacar que o fenol é um produto ácido, que provoca uma reação inflamatória na pele. A inflamação causa descamação da superfície do tecido, com objetivo de reduzir manchas, rugas e cicatrizes. Antes do fenol, foi aplicado anestésico no rosto do empresário e foi-lhe dado um medicamento contra a dor.

Após a aplicação do fenol, o companheiro de Henrique saiu da sala e aguardou o fim do procedimento, que Natália disse ter sido um sucesso. No entanto, o empresário parecia nervoso e tremia. Pouco depois, começou a respirar fortemente pela boca e pediu socorro. Ainda foram ativados os serviços de emergência, mas a morte foi confirmada na própria clínica.

As autoridades aguardam agora o resultado de vários exames para saber a causa da morte.

Por NOTÍCIAS AO MINUTO