Após tumulto no Parque do Povo, PMCG cobra reunião de emergência com organizadores d’O Maior São João do Mundo

Imagem: Arquivo/Reprodução

A Prefeitura Municipal de Campina Grande emitiu, neste domingo (9), nota cobrando ações imediatas dos organizadores d’O Maior São João do Mundo, após cenário de caos com fechamento de portões no Parque do Povo.

Na noite deste sábado, o espaço superlotou para assistir ao show da atração principal, o cantor Natan. Após o fechamento dos portões, publico tentou forçar a entrada no espaço do evento. Ficou estabelecido que ao alcançar o número de 70.300 pessoas dentro do Parque do Povo, os portões são fechados.

Em nota, a PMCG lamentou a ocorrência e solicitou reunião de emergência com a empresa Arte Produções, com a presença do Ministério Público da Paraíba, “para discutir o procedimento de todos os atores de segurança envolvidos na festa”.

Confira na íntegra, nota emitida pela PMCG:

Sobre o fechamento dos portões e a entrada excedente de pessoas no Parque do Povo, na noite deste sábado, 8, a Prefeitura de Campina Grande lamenta o ocorrido e informa que já solicitou, ao Ministério Público do Estado, uma reunião de emergência para discutir o procedimento de todos os atores de segurança envolvidos na festa.

O tema da segurança é delicado e foi pauta de diversas reuniões, mediadas pelo MPPB, com todos os órgãos, instituições e entidades ligadas direta ou indiretamente ao evento, semanas antes do início da edição d’O Maior São João do Mundo 2024.

A possibilidade de fechamento dos portões, nos casos em que o Parque estivesse próximo de atingir seu limite de capacidade, foi um ponto recorrente de discussões. Com base em estudos técnicos, feitos pelo Corpo de Bombeiros, foi estabelecido o limite de 73.500 pessoas, em toda a área da festa.

Planos de ação conjunta foram estabelecidos para atuação das forças de segurança, em caso de fechamento de portões. A organização da festa precisa cobrar esclarecimentos e definir ajustes nos procedimentos de todos os que têm responsabilidade com o sucesso do evento e no conforto e bem-estar do público.

 

Por PB Agora