UFPB mantém calendário acadêmico e libera aula de professores que não aderiram à greve

0
5

A reunião, que aconteceu na sala da Secretaria dos Órgãos Deliberativos da Administração Superior (SODS) da UFPB, foi presidida pela Vice-reitora Liana Filgueira.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) manteve o calendário acadêmico e liberou aulas de professores que não aderiram à greve. A decisão foi tomada em reunião extraordinária realizada nesta terça-feira (18), pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), que manteve o veto do Reitor Valdiney Gouveia à suspensão parcial e temporária do calendário acadêmico do período letivo 2024.1 da Instituição. Com isso, fica mantida a vigência do semestre letivo.

A reunião, que aconteceu na sala da Secretaria dos Órgãos Deliberativos da Administração Superior (SODS) da UFPB, foi presidida pela Vice-reitora Liana Filgueira.

No total, foram 27 votos contrários ao veto, oito votos pela sua manutenção e uma abstenção. Portanto, como não foi alcançada a maioria qualificada de dois terços do colegiado contrária ao veto, a decisão do Reitor fica mantida, de forma que segue vigente o calendário acadêmico de 2024.1.

Com a manutenção do veto, as aulas dos cursos presenciais de graduação seguem normalmente, cabendo a cada professor a decisão de aderir ou não à greve deflagrada no dia 03 de junho. Aqueles que não quiserem seguir o movimento paredista poderão ministrar aulas.

Por ClickPB com assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui