Suspeito de ordenar incêndio em ônibus, em João Pessoa, é transferido para a Paraíba

0
22

A Polícia Civil da Paraíba foi até o Rio de Janeiro para buscar o homem suspeito de ordenar o incêndio a um ônibus em João Pessoa, em julho de 2023, que resultou na morte do motorista Silvano da Silva, que teve mais de 50% do corpo queimado. O serviço policial foi encerrado no último sábado (22).

O suspeito estava em um presídio do Rio de Janeiro e era um dos principais alvos de uma operação em terras cariocas, que tem o foco em desarticular grupos criminosos que tentam se estabelecer na Paraíba.

Em fevereiro de 2024, a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão em seu desfavor, fruto das investigações que o apontam como o mandante do incêndio ao ônibus na capital paraibana.

“Foi a maior operação policial deflagrada nos últimos anos na Paraíba, construída genuinamente em trabalho investigativo, com provas técnicas e resultado absolutamente exitoso. Seguindo as diretrizes da política de segurança do governo do estado, a Polícia Civil não medirá esforços para combater o crime organizado na Paraíba”, declarou o delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, André Rabelo.

Nesta operação, a polícia cumpriu 50 mandados de busca, prendeu 32 alvos, além de apreenderem armas de fogo e 100 quilos de drogas.

 

Fonte: Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui