Mercado de Oitizeiro vai ser realocado para terreno às margens da BR-230

0
81
Mercado e feira livre de Oitizeiro devem mudar de local, segundo prevê licitação da PMJP (foto: reprodução/Google Maps).

A informação, antecipada pelo ClickPB em Fevereiro, foi confirmada nesta quarta-feira (26), em solenidade da Prefeitura de João Pessoa onde foi detalhado como será o novo mercado de Oitizeiro.

Como antecipou o ClickPB no mês de fevereiro deste ano, o Mercado de Oitizeiro, um dos mais tradicionais da capital, deverá ser realocado para um terreno situado às margens da BR-230, no mesmo bairro.

A informação foi confirmada nesta quarta-feira (26), em solenidade da Prefeitura de João Pessoa onde foi detalhado como será o novo mercado.

De acordo com Cícero Lucena (Progressistas), prefeito da capital, a área onde será o novo mercado foi desapropriada pela administração municipal e nela serão investidos R$ 70 milhões para o novo equipamento.

“Serão investimentos na ordem de R$ 70 milhões no novo padrão do mercado, um padrão onde você tenha conforto, você tenha segurança e que você tenha espaços que possa proporcionar para quem trabalha e para quem frequenta como consumidor uma melhor condição”, disse Lucena.

No local onde está atualmente o mercado de Oitizeiro, na Avenida Cruz das Armas, o poder público deve construir uma praça, segundo explicou o secretário Rubens Falcão, da Infraestrutura (Seinfra).

Como deve ser o novo mercado de Oitizeiro?

Como antecipou o ClickPB em fevereiro deste ano,  área para onde irá o mercado Oitizeiro já possui quatro edificações, sendo a principal delas um grande galpão térreo.

Nele serão inseridos os seguintes ambientes: 82 boxes de frios; 72 unidades de lojas e 78 boxes destinados à alimentação.

Já uma outra área, com uma parte aberta e outra coberta, adjacente ao galpão, irá ter 118 bancas onde funcionará a feira livre.

Área onde será o novo mercado de oitizeiro. (foto: divulgação/PMJP/Sérgio Lucena)

“A área de bancas foi criada para concentrar as atividades de frutas, verduras, raízes, tubérculos, goma e feijão. Foram propostas bancadas de granito para melhor higiene e pia de higienização de mãos”, é informado no edital ao qual a reportagem teve acesso.

As demais edificações existentes na área vão ser destinadas ao uso administrativo da feira e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano- Sedurb.

“O terreno possui extensa área livre, onde foram distribuídos todos os estacionamentos, reservando uma parte da área que circunda o galpão principal para carga e descarga de veículos”, cita trecho do projeto.

Prazos 

De acordo com o que consta no edital, a empresa terá 360 dias, contados a partir do primeiro dia útil após a expedição da ordem de serviços, para executar o projeto.

Após a comunicação da Ordem de Serviço, será dado um prazo de 72 (setenta e duas) horas para o contratado recebê-la.

O prazo geral do contrato será de 450 dias, contados a partir do primeiro dia útil após a expedição da ordem de serviços.

O prazo poderá ser prorrogado, caso haja interesse da administração pública.

Por ClickPB 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui