Jovem é condenado a 23 anos de prisão, após matar o próprio pai em João Pessoa

0
466
Autor do crime (a esquerda) e vítima (a direita). (foto: reprodução/redes sociais)

A condenação do jovem por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil se deu após José Marcos assassinar o próprio pai em novembro do ano passado.

Um homem identificado como José Marcos dos Santos, de 23 anos,  foi condenado ontem (27) a mais de 20 anos de prisão.

A condenação por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil se deu após José Marcos assassinar o próprio pai em novembro do ano passado.

A condenação se deu por meio de júri popular e a pena totaliza 23 anos e 4 meses. O crime ocorreu no Bairro das Indústrias, em João Pessoa.

Foi detalhado à polícia que a discussão iniciou por volta das 5h, quando o pai estava se preparando para ir ao trabalho.

Marcolino da Silva, 50 anos, trabalhava como pedreiro em Cabedelo.

Em meio a discussão, teria se iniciado uma luta corporal e logo após o filho, conhecido como ‘Marquinhos’ efeutou diversos tiros contra o próprio pai.

Parte dos disparos, segundo apurou o ClickPB, atingiram a cabeça da vítima.

No local, segundo a polícia, foram encontrados materiais semelhantes a drogas ilícitas.

Ao longo da investigação foi confirmado que o filho do acusado seria viciado em drogas e teria chegado exaltado à residência.

O jovem inclusive, já tinha sido preso acusado de roubo, porém foi liberado por falta de provas.

As brigas seriam constantes entre pai e filho.

Por ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui