Paraíba tem saldo de 1,7 mil empregos gerados com carteira assinada em maio

0
346
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

É o terceiro mês consecutivo com saldo positivo de empregos registrado no estado. Os setores de comércio, construção e serviços apresentaram os melhores saldos

A Paraíba fechou o mês de maio com mais de 1,7 mil empregos gerados. É o terceiro mês consecutivo com saldo positivo de empregos registrado no estado.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, foram abertas 17.548 vagas e 15.772 desligamentos.

Os setores de comércio (831), construção (589) e serviços (479) apresentaram os melhores saldos de emprego em maio. O setor da agropecuária voltou a gerar saldo positivo (57), enquanto o setor da indústria (-180) foi o único negativo em maio.

Recuperação

Apesar de o primeiro semestre ser marcado por perdas sazonais devido à entressafra da cana-de-açúcar (cultivo e produção de etanol), a Paraíba criou no acumulado de janeiro a maio deste ano 91.284 empregos com carteira assinada contra 88.197 desligamentos, gerando um saldo positivo de 3.087 nos cinco primeiros meses deste ano contra (-2.391), no mesmo período do ano passado.

O saldo dos cinco meses deste ano elevou o estoque de empregos do Estado para um volume de 490.392 postos em cinco setores da economia (serviços, comércio, construção, indústria e agropecuária). Os empregos públicos não estão contemplados neste levantamento.

Saldo regional

Quatro das cinco regiões do país tiveram saldo positivo na geração de emprego em maio. O Nordeste foi a segunda região que mais gerou saldo de empregos (31.742 postos). A região Sudeste liderou o saldo com 84.689 empregos. Em terceiro veio a região Norte (9.912 postos), logo seguido pela Centro-Oeste (9.277 postos). Já a região Sul foi a única que amargou saldo negativo (-9.824 postos) devido aos problemas de inundação do Rio Grande do Sul, que perdeu 22.180 postos. O Brasil criou 131,8 mil empregos com carteira assinada em maio de 2024.

Por Portal Correio 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui