Estudante de Medicina da USP que desviou R$ 1 milhão da formatura dos colegas é condenada a 5 anos de prisão

0
424

Alicia Dudy Muller, aluna do curso de medicina da Universidade de São Paulo (USP), foi condenada a cinco anos de prisão em regime semiaberto pelo crime de estelionato. A decisão foi proferida pelo juiz Paulo Eduardo Balbone Costa, da 7ª Vara Criminal da Capital, que destacou o abuso de confiança por parte da estudante, que desviou quase R$ 1 milhão dos fundos destinados à festa de formatura de sua turma.

Segundo a sentença, Alicia utilizou sua posição como presidente da comissão de formatura para apropriar-se do dinheiro arrecadado pelos colegas. O magistrado enfatizou que a ré “traiu a confiança de seus pares”, aproveitando-se da contribuição financeira dos colegas para benefício próprio. Além da pena de reclusão, a estudante foi condenada a indenizar as vítimas no valor equivalente ao desviado. A decisão ainda cabe recurso.

O advogado de defesa, Sérgio Ricardo Stocco, afirmou ao G1 que pretende recorrer da sentença, alegando que a decisão foi recebida recentemente e que buscará reverter a condenação.

O escândalo veio à tona quando Alicia, por meio de mensagens no WhatsApp, informou aos colegas que havia perdido o dinheiro destinado à festa, alegando ter investido R$ 800 mil em uma corretora de investimentos e sido enganada. A denúncia foi registrada na polícia por membros da comissão de formatura, iniciando a investigação do caso.

Em fevereiro, a Justiça recusou o pedido de prisão preventiva feito pela polícia, que inicialmente havia indiciado Alicia por apropriação indébita. O Ministério Público, no entanto, reclassificou o caso como estelionato, solicitando uma lista com os prejuízos individuais de cada aluno, que deveriam manifestar interesse em representar judicialmente.

A investigação incluiu a análise de celulares, smartwatch, cartões bancários e um HD externo. Foi sugerido que um tablet, adquirido com o dinheiro desviado, fosse leiloado e a quantia revertida para instituições beneficentes. Um carro de luxo alugado por Alicia com o dinheiro dos colegas foi devolvido à empresa em fevereiro.

 

Por: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui