Pré-candidata Léa Toscano lidera segunda pesquisa para prefeito(a) de Guarabira

0
815
Imagem: Reprodução

Faltando menos de quatro meses para as eleições desse ano, a ex-prefeita de Guarabira Léa Toscano, pré-candidata a prefeito(a) da cidade, no Agreste paraibano, vem liderando com vantagem as intenções de voto para prefeito daquele município. Foi o que mostrou a segunda pesquisa, recentemente, realizada na cidade.

Se as eleições em Guarabira fossem hoje, a ex-prefeita venceria com 59,37%, enquanto o suplente de deputado federal Raniery Paulino teria 18,00%, estando na terceira colocação o jovem vereador Ramon Menezes com 11,92% na pergunta estimulada. É o que aponta levantamento realizado pelo Instituto Advise, contratado com exclusividade pelo Blog do Chico Soares, divulgado nesta terça-feira (02). Votos brancos e nulos somam 6,57% e indecisos 4,14%.

O Instituto Advise também avaliou o cenário espontâneo, quando não são apresentados nomes de candidatos. Nesse contexto, o eleitor fica à vontade para dizer quem vem à sua mente quando o assunto é candidato(a) a prefeito(a) de Guarabira.

Assim como na pesquisa estimulada, a ex-prefeita Léa Toscano, também, lidera às intenções de votos espontâneos. Ela é lembrada por 51,09% dos eleitores, seguida por Raniery Paulino com 11,19%, Ramon Menezes com 3,41%; Marcus Diogo, que não será candidato, evidentemente, por estar em seu segundo mandato, aparecendo com 0,73% e a ex-prefeita Fátima Paulino com 0,24%. Na espontânea, brancos e nulos representam 11,44%. Indecisos somam 21,90%.

Quanto ao índice de rejeição, o Instituto Advise, também, quis saber, entre os nomes apontados, qual o eleitor de Guarabira mais rejeita. Quem lidera a rejeição é o suplente de deputado federal e ex-deputado estadual Raniery Paulino, com 35,28%.

O vereador Ramon Menezes é rejeitado por 21,41%, enquanto Léa Toscano obtém 15,09% dos entrevistados. Já 4,38% dizem não votar em nenhum dos dois pré-candidatos e 23,84% não rejeitam nenhum deles.

A pesquisa realizada pelo Instituto Advise sobre a sucessão em Guarabira foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número PB-07981/2024. Ao todo, foram realizadas 408 entrevistas nos dias 28 e 29 de junho do corrente ano.

A margem de erro é de 4,83 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança estimado é de 95,0%. De acordo com o plano amostral da pesquisa, foram considerados as variáveis: sexo, grau de escolaridade, faixa etária e nível econômico.

As entrevistas com os moradores foram realizadas, estratificadamente, nas seguintes localidades: zona urbana de Guarabira: Alto Da Boa Vista, Areia Branca, Assis Chateaubriand, Bela Vista, Centro, Clóvis Bezerra, Cordeiro, Dona Adália, Esplanada Da Estação, João Cassimiro, Juá, Lucas Porpino, Monte Das Oliveiras, Mutirão, Nações, Nordeste I, Nordeste II, Nossa Senhora Aparecida, Novo, Osmar De Aquino, Primavera, Rosário, Santa Terezinha e São José. Já na zona rural nas seguintes localidades: Auto Grande, Cabloco, Cachoeira dos Guedes, Cajá, Carrasco, Cipoal de Passagem, Contendas, Contento, Duas Estradas, Escrivão, Itamatai, Lagoa de Pedra, Lagos de Serra, Maciel, Merereba, Nova Contendas, Palmeira, Passagem, Pedra Mole, Pendência, Pirpiri, Pirpiri de Cima, São José de Miranda, Serra de Pedra, Serrinha, Tabocas, Tananduba de Baixo, Tananduba de Cima, Torrões e Vila Padre Cícero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui