Messi perde pênalti, mas Martínez brilha contra o Equador e leva a Argentina à semi da Copa América

0
628

Nesta quinta-feira, pelas quartas de final da Copa América, a Argentina duelou diante do Equador no NRG Stadium e empatou por 1 a 1. O gol da atual campeã do mundo foi marcado por Lisandro Martínez, enquanto Kevin Rodríguez igualou. Já nos pênaltis, apesar do pênalti perdido de Messi, Emiliano Martínez brilhou e levou os argentinos à semifinal.

Com o resultado positivo, a seleção comandada por Lionel Scaloni, que passou na primeira colocação do Grupo A, perdeu os 100% de aproveitamento, mas avançou. Já o Equador, que se classificou em segundo no Grupo B, se despede da Copa América.

Agora a Argentina aguarda o vencedor do duelo entre Canadá e Venezuela, que acontece nesta sexta-feira, às 22h (de Brasília). Já o confronto pela semifinal será realizado na terça-feira (9), às 21h (de Brasília), no MetLife Stadium.

Primeiro tempo

O primeiro lance de perigo veio do Equador, aos 16 minutos. Sarmiento recebeu de Caicedo, limpou o adversário e finalizou para a defesa de Emiliano Martínez. No entanto, a sobra ficou para Kendry Páez, mas o atleta chutou por cima da meta.

Dois minutos depois, os equatorianos voltaram a atacar com Preciad. Enner Valencia, do Internacional, deu ótimo passe para o companheiro, que concluiu por cima do gol.

A Argentina subiu ao ataque aos 28 minutos, com Molina. O lateral cruzou para Enzo Fernández, que fez o movimento de cabeça para fora do gol defendido por Alexander Domínguez.

No entanto, a Argentina abriu o placar ainda na primeira etapa. Depois da cobrança de escanteio de Lionel Messi, Mac Allister desviou e a bola encontrou Lisandro Martínez livre de marcação. Assim o atleta não perdoou e concluiu para o fundo das redes.

Antes do término do primeiro tempo, Félix Torres, do Corinthians, assustou com um passe ruim para o goleiro Domínguez. Deste modo, o arqueiro foi obrigado a afastar para a lateral.

Segundo tempo

Aos 16 minutos, depois do escanteio cobrado pelos equatorianos, De Paul tocou a mão na bola dentro da área, gerando a penalidade para Valencia cobrar. No entanto, o atacante do Internacional acertou a trave e desperdiçou a oportunidade de igualar o marcador.

Aos 23, Lionel Messi, após dominar perfeitamente, finalizou colocado. No entanto, o goleiro Domínguez, bem posicionado, fez a defesa.

O craque argentino, aos 26 minutos, apareceu para cobrar a falta dentro da área. Após a batida, a bola sobrou dentro da área e Hincapié afastou.

Porém, nos acréscimos, Kevin Rodríguez aproveitou o cruzamento de Yeboah e completou para o fundo das redes, levando a decisão para os pênaltis.

Pênaltis

Messi começou desperdiçando as cobranças. No entanto, Ángel Mena teve seu pênalti defendido, enquanto Julián Álvarez converteu o primeiro dos argentinos. Na sequência, Emiliano Martínez brilhou novamente e defendeu o de Alan Minda.

Apesar de John Yeboah e Jordy Caicedo terem convertido na sequência, Alexis Mac Allister, Gonzalo Montiel e Otamendi fecharam a conta e garantiram a vaga da atual campeã do mundo na semifinal.

Por Gazeta Esportiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui