Acusado de assassinato, lutador de MMA pode pegar pena de morte; entenda

31
© Reprodução

A vida de Cedric Marks, atleta de MMA, pode estar literalmente com os dias contados. Isso porque promotores da Justiça do Texas planejam pedir sua pena de morte. Isso porque o lutador americano é acusado no assassinato de duas pessoas que foram encontradas em uma cova em Oklahoma (EUA). De acordo com o procurador distrital Henry Garza, o Gabinete de ‘Bell County’ entrou com uma notificação formal para pedir a pena de morte do peso-médio (84 kg). A informação é foi dada em primeira mão pelo site ‘Temple Daily Telegram’.

As vítimas do crime são dois amigos, Michael Swearingin, de 32 anos, e Jenna Scott, de 28 – esta última era ex-namorada de Cedric. De acordo com os investigadores do caso, os jovens foram mortos no dia 3 de janeiro em uma residência no Texas. O lutador de 45 anos, acusado de ter praticado o delito, se declarou inocente.

A namorada atual de Marks, Maya Maxwell, também enfrenta acusações no caso. A parceira do atleta americano afirmou que estava presente na casa em que as vítimas foram mortas e também quando seus corpos foram enterrados, em Oklahoma – de acordo com um depoimento do processo.

Em fevereiro deste ano, Cedric causou outro alvoroço. O lutador estava sendo transferido de um complexo penitenciário para outro em um furgão, mas fugiu no meio do caminho. O acusado só foi capturado novamente pelos policiais nove horas depois da fuga.

agfight.com.br