Adolescente é decapitada pelo pai por ter fugido de casa com o namorado

single-image

Uma adolescente de 14 anos foi decapitada essa semana com uma foice pelo própria por ter fugido da província iraniana de Guilán, com o namorado, de 35 anos. Romina Ashrafi foi encontrada pelos policiais e levada de volta para a casa da família.

O pai dela não concordava com o casamento e depois de matá-la se entregou à polícia e alegou que havia praticado um “crime de honra”.

Quando foi localizada pela polícia, Romina teria dito que estava com medo da reação do pai e de ser morta.

Caso como esse é uma prática que persiste em vários setores da sociedade iraniana e é praticada por familiares que alegam que as vítimas danificaram o prestígio ou a honra da casa. A morte da menina teve grande repercussão nos meios de comunicação do país.

Deixe seu comentário