Banco Central da China planeja lançar a própria moeda digital

17
© Fornecido por Unilogic Media Group Ltda Bitcoin
© Fornecido por Unilogic Media Group Ltda Bitcoin

A China está prestes a lançar sua própria moeda digital. A confirmação veio de Mu Changchun, vice-diretor da unidade de pagamentos do Banco Popular da China (PBoC), durante um evento realizado no último fim de semana (Fórum China Finance 40, em Yichun, Heilongjiang). Segundo ele, desde 2018 a moeda digital está sendo desenvolvida, e que falta pouco para que aconteça o lançamento. A concentração em desenvolver a moeda em questão teve considerável impacto com o anúncio da Libra, criptomoeda do Facebook.

O esforço do Facebook para criar a criptomoeda Libra causou preocupação entre os bancos centrais globais, incluindo o próprio PBOC, que disse que o ativo digital deve ser colocado sob supervisão do banco central para evitar riscos cambiais potenciais e proteger a autoridade da política monetária.

Durante os comentários realizados no evento Fórum China Finance, Mu explicou que a moeda digital do PBoC teria como principal proposta a substituição de moedas e notas em circulação, e que isso não inclui depósitos bancários. Além disso, também afirmou que a moeda digital aumentaria a circulação do remimbi (moeda chinesa), inclusive internacionalmente. Assim, a moeda do PBoC promete dar para Pequim mais controle sobre seu sistema financeiro.

O impacto da Libra

 

A criptomoeda do Facebook gerou controvérsias no mercado global

Desde seu anúncio, a Libra gerou controvérsias no mercado mundial. No início de julho, o ex-governador do PCP Zhou Xiaochuan disse que a moeda representa uma ameaça aos sistemas de pagamentos e às moedas nacionais. E na mesma época, Wang Xin, chefe do escritório de pesquisas do PBoC, disse que o banco central está olhando para a situação de Libra com “alta atenção” e pode aumentar o desenvolvimento de sua própria moeda digital.

Por sua vez, no evento em que a moeda digital chinesa foi anunciada, um funcionário da Administração Estatal de Divisas da China, afirmou: “A libra deve ser vista como uma moeda estrangeira e colocada sob a estrutura da China de gestão de divisas”.

Fonte: Bloomberg via Coindesk

canaltech.com.br