CALAR JAMAIS: Ninguém pode calar a imprensa; Pré-candidato de Lagoa de Dentro tenta calar a voz da liberdade e usa advogado para tentar intimidar comunicador

single-image

No último domingo (26) o  Portal Nordeste 1,  sofreu um ataque a liberdade de imprensa e ao direito da liberdade de expressão e do exercício e prática do jornalismo profissional e qualificado.

Um advogado que presta seviços ao vereador Camaf Douglas, pré-candidato a prefeito em Lagoa de Dentro, no agreste paraibano, utilizou-se do aplicativo WhatsApp para notificar extra-judicialmente o radialista e jornalista Léo Ferreira, para que no prazo de 48 horas removesse uma determinada matéria por ele publicada no portal ou que fizesse publicação de texto se retrantando. O advogado estaria tentando assumir o papel de estado que é do Poder Judiciário, em determinar, coisa que não lhe é cabivel, mas sim a um Juiz, a quem copete tais determinações.

Ainda na notificação o advogado Leandro Pedroza, OAB nº 26.339 b, a pedido de Camaf, acusa o comunicador de falta de ética, de parcialidade e de falta de compromisso com a verdade, bem como de ser mentiroso e de atentado contra a profissão.

“Trata-se de matéria (MENTIRA) cuja falta de ética, compromisso com um jornalismo sério, probo, imparcial e democrático é patente. Visa tais fatos, desestabilizar a pré-candidatura e o pleito eleitoral que se avizinha, favorecendo o adversário, o que demonstra a parcialidade e não só, mas o descomprometimento com a verdade”. 

Acontece que Léo Ferreira recebeu informações sobre novidades que poderiam ser anunciadas na política do municipio de Lagoa de Dentro, sobre a possível desistência do pré-candidato a vice-prefeito, Bruno Freire,  ao lado do pré-candidato Camaf, coisa que não aconteceu, mas que também não foi confirmado pelo profissional de impresa, que somente notíciou as especulações existentes, sem alegar que seria a verdade e resguardando a sua fonte informante, como é previsto na Constituição Federal. Conforme link abaixo:

BOMBA: Em Lagoa de Dentro, Bruno Freire poderá abrir mão de pré-candidatura a vice prefeito

O Nordeste 1 tem um compromisso sério com a verdade e orienta que os seus profissionais sempre zelem pela manutenção da boa prática jornalistica e da boa comunicação, sem ferir os princípios constitucionais, resguardando de forma segura suas fontes e levando a informação de forma plena e imparcial.

Diante da informação do comunicador, o nosso Portal também publicou no mesmo dia, algumas horas após, um vídeo dos pré-candidatos citados, esclarecendo a informação divulgada e por mais que os mesmo, tenham equivocadamente acusado este portal de publicar Fake News, o que é portanto crime, mas não deixamos de levar o outro lado da história ao ar.  Lembramos, que a pessoa que faz a comunicação de um crime que não ocorreu, gerando a atuação de uma autoridade no intuito de investigar o falso crime, pode ser responsabilizada pelo crime de comunicação falsa de crime, previsto no artigo 340 do Código Penal, e está sujeita a uma pena de até 6 meses de detenção e multa.

OPOSIÇÃO: Bruno Freire reforça compromisso com a chapa do pré-candidato Camaf Douglas

A comunicação do advogado aqui citado, pode representar uma tentativa explicita de censura, de tentar colocar uma mordaça na voz dos livres comunicadores deste importante veículo de imprensa, que tem ao longo de muitos anos prestando relevantes serviços para a sociedade guarabirense, do brejo paraibano, do estado e do país, com repercussão e propagação até no exterior.

Esse tipo de comportamento, por parte de alguns, tem sido algo corriqueiro país a fora, também na região de Gurabira, não tem sido diferente e outros profissionais de outros importantes meios também são alvos contantes de ataques feitos por políticos e outros, que não querem que a verdade seja publicada.

Que nada, que nenhuma ameça ou intimidação cale a voz da imprensa livre, do jornalismo sério, imparcial.

Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade. Clúadio Abramo.

Vejam abaixo a noticiação do Advogado:

Deixe seu comentário