Ceará vence o Bahia e larga na frente na final da Copa do Nordeste

single-image

Boa vantagem! Esse foi o saldo do Ceará no primeiro jogo da grande final da Copa do Nordeste 2020. Neste sábado (1), a equipe cearense venceu o Bahia por 3 a 1, de virada, no Pituaçu, e vai mais confiante para o confronto da volta. Os times definem o título na próxima terça-feira (4), às 21h30, no mesmo estádio.

Com o resultado, o Vozão poder ficar com a taça se perder por um gol de diferença. Já o Esquadrão de Aço precisa de uma vitória por três ou mais gols de diferença. Havendo igualdade no saldo de gols, a decisão será nos pênaltis.

O jogo!

Com o objetivo de construir vantagem para o confronto da volta, Ceará e Bahia iniciaram o jogo com boa marcação, sem dar espaço para o adversário. O Vozão teve um pouco mais de iniciativa nos dez primeiros minutos, mas sem conseguir finalizar a gol. Depois, os times começaram a arriscar mais. Aos 17, o Esquadrão de Aço avançou com Rodriguinho, que tentou virar o lance para Clayson, mas viu Luiz Otávio fazer o corte. Insistindo, Élber partiu em velocidade do meio campo, tabelou com Fernandão, se livrou da marcação, mas não finalizou bem na hora do chute. Até que, aos 25, Flávio roubou a bola de Fabinho e serviu Fernandão, que colocou o Bahia na frente: 1 a 0. O Ceará não deu muito tempo para os adversários comemorarem. Dois minutos depois, após Juninho Capixaba e Anderson se atrapalharem, a bola sobrou limpa para Fernando Sobral deixar tudo igual no Pituaçu: 1 a 1. Até a saída para o intervalo, a partida seguiu equilibrada, com Vinícius quase ampliando para o Vozão, e com Clayson cruzando fechado e vendo Fernando Prass fazer a defesa.

O segundo tempo começou mais movimentado. Logo aos três minutos, o Bahia assustou com Flávio, que cruzou fechado direto para o gol, mas viu Fernando Prass espalmar. O Ceará respondeu em seguida, quando Bruno Pacheco tabelou com Leandro Carvalho e finalizou para boa defesa de Anderson. Embalado, o Vozão conseguiu a virada aos 11 minutos. Em boa jogada iniciada pela esquerda, a bola chegou do outro lado para Samuel Xavier, que levantou na cabeça de Cléber: 2 a 1. Depois, a equipe cearense seguiu atacando mais e ampliou o placar aos 31. Após entrar em campo nesta etapa, Mateus Gonçalves recebeu a bola, cortou para dentro da área e finalizou com categoria para marcar o terceiro. Com a boa vantagem, a equipe comandada por Guto Ferreira administrou o resultado até o apito final.

Deixe seu comentário