Colegas e artistas lamentam a morte do ator João Carlos Barroso

4
© Estevam Avellar / Globo / Divulgação João Carlos Barroso em foto de 2015.
© Estevam Avellar / Globo / Divulgação João Carlos Barroso em foto de 2015.

O ator João Carlos Barroso morreu aos 69 anos de idade, na última segunda-feira, 12, de acordo com informações divulgadas por sua família e amigos, após ter enfrentado um câncer nos últimos tempos.

Diversos atores colegas de João Carlos Barroso no mundo da dramaturgia e outras personalidades lamentaram sua morte nesta terça-feira, 13. O ator Lucio Mauro Filho, presente no Encontro com Fátima Bernardes desta manhã, foi um deles.

“Foi meu parceiro no Zorra Total durante três anos. Sempre fazia o meu quadro junto com o Jorge Dória. Acho que agora o Dória tá lá, recebendo ele com todo o carinho que ele merece”, lamentou.

Na sequência, a própria Fátima Bernardes também lamentou o fato: “Para nós é sempre uma surpresa, uma idade, para os dias de hoje ainda jovem. Deixou um trabalho que vai ficar na memória de quem trabalhou com ele, de quem assistiu, todo mundo.”

© João Cotta / Globo / Divulgação João Carlos Barroso ao lado de Luciana Coutinho e Leandro Hassum no ‘Zorra Total’, em 2010.

Nas redes sociaisJunno Andrade, namorado de Xuxa e apresentador do Dancing Brasil, escreveu: “Puxa vida, ano de despedidas… João Carlos Barroso, que Deus te receba em paz!”. O cantor MC Koringa também lamentou a partida em um comentário na postagem: “Me diverti muito assistindo às novelas em que ele participou”.

A atriz Tássia Camargo, atualmente morando em Portugal, lamentou: “Sempre brincava com ele,dizendo: ‘você não envelhece, menino?!’. Ele sempre sorria com sua gentileza de sempre. Um homem do bem e com grande humor. Que a família sinta-se abraçada”.

Confira abaixo homenagens feitas por personalidades à morte do ator João Carlos Barroso:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Puxa vida, ano de despedidas esse….. JOÃO CARLOS BARROSO, que Deus te receba em paz! 🖤

Uma publicação compartilhada por Junno (@junnoandrade) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ontem com o dia cheio não vi nada. Hoje ao acordar mais uma perda. O Barrosinho como era chamado. João Carlos Barroso foi-se tão cedo. Grande amigo e ator. Trabalhamos juntos nas novelas “Pão Pão, Beijo Beijo” e “Salvador da Pátria”, mas nossa amizade não ficava aí. Organizava com o Cosminho, o Cosme dos Santos, jogos de futebol dos artistas. De homens e mulheres. Viajávamos nestas aventuras juntos. Sempre brincava com ele dizendo, você não envelhece menino??!!! Ele sempre sorria com sua gentileza de sempre. Um homem do bem e com grande humor. Que a família sinta-se abraçada. Barrosinho aí está melhor que aqui. Quando eu chegar vamos rir muito. Saudade e até já 😔💔🌹👏👏👏👏👏

Uma publicação compartilhada por Tássia Camargo (@tassiacamargo) em

A carreira e os trabalhos de João Carlos Barroso

João Carlos Barroso estreou nas telas aos 11 anos, em 1961, no filme Pedro e Paula, uma produção argentina e brasileira, ao lado de Francisco Cuoco.

© Arquivo / Estadão João Carlos Barroso em cena no Teatro Grande Tupi, em 1963, ainda jovem.

Seu personagem mais popular foi o Toninho Jiló, de Roque Santeiro. Ainda na década de 1960, fez trabalhos para as TV Tupi, TV Rio, TV Continental e TV Excelsior e no Grande Teatro Infantil. Em 1970, foi para a Globo, onde trabalhou até seu último papel, na novela Sol Nascente, entre 2016 e 2017, como o delegado Mesquita.

João Carlos Barroso também trabalhou em clássicos como Bem Amado Estúpido Cupido, e Os Trapalhões, além de outros trabalhos como a novela Uga Uga e o Zorra Total

© Globo / Divulgação João Carlos Barroso (de camisa branca, com o telefone na mão) em cena de ‘Uga Uga’, no ano 2000, com Danielle Winits e Cássia Linhares.

estadao.com.br