Criança é agredida por padrastro e mãe é detida por não denúnciar

62

Uma mulher foi detida por policiais da Rádio Patrulha da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) nessa quarta-feira (11), na zona rural do município de Alagoa Grande, depois de denúncias de que o companheiro dela teria agredido o seu filho, um menino de 11 anos de idade, jogando-o por várias vezes numa cerca de arame farpado e ela, que teria conhecimento das agressões, não o teria denunciado nem tomado nenhuma providência, informação confirmada pelos próprios familiares dela.

O homem suspeito da agressão conseguiu fugir, mas segundo os policiais apuraram, ele cumpre pena por estupro e latrocínio, estava no regime semiaberto e, como deixou de comparecer à cadeia, é considerado foragido da Justiça. No dia anterior, de acordo com outras denúncias, ele também teria espancado um sobrinho de 2 anos de idade. Com o auxílio do Conselho Tutelar, o menino foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a mãe.

EM SERRA DA RAIZ – No centro da cidade, a guarnição do Destacamento realizava o patrulhamento em via pública quando se deparou com dois homens em uma moto de cor preta, em atitudes suspeitas. De imediato, eles foram parados e foi realizada a busca pessoal, onde foi encontrado com o carona uma pequena quantidade de uma substância semelhante à maconha e o condutor não possuía a CNH (Carteira Nacional de habilitação). Os dois foram conduzidos à delegacia.