“Ela estava com suspeita de gravidez”, diz esposo de jovem morta em Guarabira; delegado falou sobre o caso

single-image

Perguntado se estava sofrendo acusação, Rodrigo disse que já mais teria como fazer isso com ela. “Eu amava muito ela”, declarou.

Rodrigo, de 22 anos, disse em entrevista a repórter Pedro Júnior (Rádio Talismã FM 99,3), que quer ajuda da polícia para desvendar a morte da sua esposa, Deysiane Taynelle, de 23 anos, encontrada morta nesta terça-feira (6), na cidade de Guarabira.

Rodrigo afirmou na entrevista que a morte da sua esposa foi uma covardia. “Sem explicação, ela não devia e nem conhecia ninguém”, disse.

Perguntado se estava sofrendo acusação, Rodrigo disse que já mais teria como fazer isso com ela. “Eu amava muito ela”, declarou.

O delegado Norival Portela do NI – Núcleo de Homicídios da 8ª DSPC, também se pronunciou e afirmou que o crime se trata de um – CVLI – Crime Violento Letal Intencional. Os familiares foram ouvidos e diligências internas e externas estão sendo realizadas no intuito de elucidar o fato.

“Estamos trabalhando no caso e o propósito é elucidar e fato e descobrir o responsável, mas dentro de um trabalho com coletas de indícios que realmente possa surtir efeitos”, frisou Portela em entrevista ao repórter Pedro Júnior.

+Mulher é espancada em balada sertaneja Villa Country: ‘Só quero saber quem fez isso comigo’

+Mulher é espancada, estuprada e finge estar morta para fugir de agressor

+Mulher é encontrada morta na orla de Porto de Galinhas

+Em Guarabira, jovem de 23 anos é encontrada morta às margens do Canal

portal25horas.com.br

Deixe seu comentário