Empresária Taciana Ribeiro é indiciada por homicídio duplamente qualificado do marido e inquérito é enviado ao Ministério Público

single-image

O indiciamento da empresária foi feito na segunda-feira pelo delegado Reinaldo Nóbrega. O parecer dele já foi encaminhado ao Ministério Público da Paraíba nessa quarta-feira (20).

A empresária Taciana Ribeiro Coutinho foi indiciada, na segunda-feira (18), por homicídio duplamente qualificado. Ela é acusada de matar o marido, Helton Pessoa, em uma fazenda, no município de Sapé, Zona da Mata paraibana. O crime aconteceu no dia 10 do mês passado.

Helton foi morto a tiros no banheiro da casa. Ela alegou que estava sendo agredida naquele dia pelo marido e que por legítima defesa disparou contra ele.

O indiciamento da empresária foi feito na segunda-feira pelo delegado Reinaldo Nóbrega. O parecer dele já foi encaminhado ao Ministério Público da Paraíba nessa quarta-feira (20). Os autos estão sob segredo de Justiça.

O advogado Daniel Alisson, da defesa de Helton Pessoa, informou ao ClickPB nesta quinta-feira (21) que está satisfeito com a tipificação do crime na qual Taciana foi indiciada. “O delegado foi coeso.”

Em relação à morte do empresário, o laudo pericial aponta que o empresário Helton Pessoa foi atingido com um tiro na cabeça e que os disparos foram dados pelas costas. A informação foi divulgada pelo advogado Daniel Alisson, da defesa da vítima. A esposa de Helton cumpre prisão domiciliar como principal suspeita do crime. Ela alegou que atirou em legítima defesa e que teria sido espancada por Helton.

Por ClickPB