Espetáculo teatral apresenta obra e trajetória de Paulo Freire, nesta segunda em CG

4

A vida do educador transportada da sala de aula para o palco. A obra e a trajetória do filósofo e escritor pernambuco Paulo Reglus Neves Freire, um dos maiores pensadores do mundo moderno, serviram de inspiração para um espetáculo teatral que será apesentado em Campina Grande, no dia 18 deste mês, com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

O espetáculo “Paulo Freire: o andarilho da utopia” será apresentado no Teatro da Unifacisa, às 19h, e mostra o legado que o educador deixou na mente e nos corações dos brasileiros. O monólogo traz como protagonista o ator Richard Riguetti e conta com os trabalhos do encenador Luiz Antônio Rocha e do dramaturgo Junio Santos. Além de levar para o palco a emocionante e inspiradora vida do educador nordestino, a peça recria os causos de um dos mais notáveis pensadores da história da educação mundial, o Patrono da Educação Brasileira.

“Paulo Freire: o andarilho da utopia” propõe uma reflexão, mostrando a sociedade e o planeta em constante mudança através da ótica freiriana, misturando elementos das linguagens do teatro, do palhaço e do teatro de rua. O monólogo já passou pelo Espírito Santo, Amazonas, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Campinas e São Luiz, já tendo sido assistido por mais de 10 mil pessoas em dezenas de apresentações.

A vida e a obra de Paulo Freire serão abordadas ainda em um debate promovido pela UEPB com o ator e autores do espetáculo, no dia 19 de novembro, às 9h, no Auditório I Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó. Na ocasião, eles mostrarão como se deu a construção do espetáculo e a proposta de perpetuar nos palcos a história do educador. O debate também contará com a participação da professora da UEPB, Elizabete Vale, que coordena o projeto de extensão “Diálogo com Paulo Freire”. Em seguida, será realizado um ato público, no hall da Central de Integração Acadêmica, em defesa da Educação Brasileira.

O pró-reitor de Extensão da UEPB, professor José Pereira, um dos incentivadores da iniciativa, enfatizou que o debate será um momento ímpar para a comunidade acadêmica aprofundar a obra do homem que deu uma inegável contribuição para a Educação brasileira. Paulo Freire é autor de obras como “Pedagogia do Oprimido”, “Educação como prática da liberdade”, “Pedagogia da autonomia”, entre tantas outras. Pereira lembra que o espetáculo e o debate apresentam a vida e biografia de Paulo Freire como cidadão brasileiro que mostrou ao mundo a educação como ferramenta emancipatória e ligada a cidadania e a liberdade.

pbagora.com.br/