EUA mantém suspensão da compra de carne in natura brasileira

935

Americanos adiaram possível revisão da proibição nas exportações, interrompidas desde 2017; decisão frusta governo federal

Os Estados Unidos negaram a possibilidade de abrir seu mercado, pelo menos por enquanto, para a carne bovina in natura do Brasil. Segundo a Folha de S.Paulo, o governo americano enviou um relatório em que pede mais informações e determinou nova inspeção técnica. As informações são da Folha de S.Paulo.

As exigências devem atrasar a reabertura do mercado em cerca de um ano. No dia 17 de novembro, está prevista uma viagem oficial da ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM), para os EUA e a expectativa é de que ela tente negociar com o secretário de Agricultura do governo Donald Trump, Sonny Perdue.