Flamengo: CBF põe Copa União na lista de títulos, mas acata Justiça e diz que clube é hexacampeão brasileiro

12
© Raul Sifuentes/Getty Images Diego e Gabigol, do Flamengo, comemoram título da Copa Libertadores

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reconhece a Copa União de 1987 como um título, mas não a coloca como uma das conquistas de Campeonato Brasileiro pelo time FlamengoEm seu site oficial, a entidade chegou a pôr o troféu na lista de conquistas rubro-negra. Em contato com o ESPN.com.br, porém, diz que precisa acatar a decisão da Justiça e, por isso, considera o time rubro-negro como hexacampeão nacional – e não hepta.

“A questão extrapola o entendimento da CBF. Após longa discussão judicial, o Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu que o Sport Club do Recife é o único Campeão Brasileiro de 1987, ao contrário do que chegou a propor a CBF, em 2011, que considerava os dois clubes campeões daquele ano. Assim, em respeito à decisão do Poder Judiciário e do ponto de vista legal, não há alternativa à CBF senão reconhecer o Clube de Regatas do Flamengo como hexacampeão brasileiro”, disse à CBF, por meio de um comunicado à ESPN.

O clube da Gávea se considera heptacampeão, enquanto o Sport entrou na Justiça para ser reconhecido como único campeão brasileiro do ano. A briga é por conta da Copa União de 1987.

Além dela, o Flamengo venceu o Brasileiro de 1980, 1982, 1983, 1992, 2009 e agora em 2019.

Entenda o caso

Atravessando uma grande crise financeira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) abriu mão de organizar o Campeonato Brasileiro de 1987, deixando o Clube dos 13 formular o torneio, chamado de Copa União.

Posteriormente, a CBF voltou atrás e decidiu realizar um outro campeonato com os clubes que foram excluídos da Copa União. Os times foram divididos em dois módulos. O módulo verde era composto pelos clubes integrantes do Clube dos 13, já o módulo amarelo abrigava as equipes que não jogaram a Copa União.

O Flamengo, campeão do módulo verde, e o Internacional, vice-campeão, se recusaram a jogar contra o Sport e o Guarani, campeão e vice, respectivamente, do módulo amarelo. Desde então muito se discute sobre quem é o verdadeiro campeão brasileiro de 1987.

Em função de todo esse imbróglio, ficou em aberto sobre quem seria o dono da Taça das Bolinhas.

O troféu foi criado para ser entregue ao primeiro pentacampeão do Campeonato Brasileiro, criado em 1971. Como a Justiça não considera o Flamengo campeão de 87, o São Paulo herdou a posição de primeiro a conseguir cinco títulos da principal competição do país. O time do Morumbi, inclusive, fez a requisição para receber a Taça das Bolinhas, mas ainda não obteve sucesso e o objeto de desejo segue guardado dentro de uma agência da Caixa Econômica Federal, em São Paulo.

espn.com.br