João Azevêdo pode se filiar ao Podemos com status de general

35
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. rrSenadores comemoram a filiação do senador Reguffe (sem partido-DF) ao partido Podemos.rrParticipam:rsenador Styvenson Valentim (Podemos-RN); rsenador Marcos do Val (Podemos-ES); rsenador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR); rsenador Alvaro Dias (Podemos-PR); rdeputada Renata Abreu (Pode-SP).rrFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Não é exigência e tampouco está sendo colocado como condição, mas o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), em se filiado ao PODEMOS, poderá entrar já com status de general, com o comando da sigla nas mãos. A possibilidade existe e foi garantida pela presidente nacional da agremiação, Renata Abreu, que, durante entrevista nesta sexta-feira (29), revelou que o socialista não havia sido convidado apenas para se filiar à legenda, mas também para comandá-la no Estado com vistas as eleições de 2020.

Segundo ela, o governador tem experiência administrativa e política, além de um discurso pacificador que está totalmente alinhado com a agremiação.

“Pelo que conversei com o nosso presidente estadual, eles fizeram um convite, convidando a assumir o partido, e foi um convite que partiu do âmbito estadual essa articulação, mas eu entendo que o convite deles faz total sentido”, ressaltou.

Renata Abreu afirmou ainda que, em breve, virá à Paraíba para fazer o convite pessoalmente a João Azevêdo. O convite também se estende ao senador Veneziano Vital do Rêgo.

“Veneziano é um grande amigo. Estou sempre chamando-o para integrar o Podemos. Tanto que a esposa dele, Ana Cláudia, já é do partido. É um grande amigo que tenho desde a Câmara. Se ele entrar, nos daria a maior bancada do Senado Federal”, disse.

PB Agora