João Azevêdo: “Todos sabem quem deu ritmo nos oito anos”

2733

O governador João Azevêdo (PSB) reagiu com ironia a crítica do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que neste domingo (15), em entrevista exibida pela TV Tambaú, afirmou que a gestão do seu sucessor tem um ritmo lento e só fez até o momento entregar obras deixadas por ele.

Durante a abertura do Exposição Paraíba Agronegócios, na noite deste domingo (15), Azevêdo disse que todos sabem quem tocou as obras do governo nos últimos oito anos.

“Não tenho essa preocupação, porque quem tocou as obras durante os últimos oito anos, todos sabem quem foi. E parece que na época tinha um ritmo bom”, retrucou Azevêdo, que foi secretário de Infraestrutura nas gestões de Ricardo. 

O governador ainda voltou a levantar a tese que a crise gerada no PSB não foi pela nomeação do então presidente do partido, Edvaldo Rosas, para Secretaria Chefe de Governo. 

“É preciso que as pessoas digam de fato os motivos que os levaram agirem dessa forma. Alguém de bom senso imagina que foi pelo fato de eu ter nomeado Edvaldo Rosas como secretário que gerou essa crise? Se alguém acredita nisso acredita em papai Noel”, disse, antes de tratar o episódio como “golpe”. 

“Quem criou problema, que resolva o problema. Quem deu um golpe explique porque fez isso”, continuou.

Azevêdo frisou que a sua preocupação é com o projeto coletivo do governo.

”Eu não tive preocupação sequer de mudar os nomes dos projetos para mostrar a população que é um projeto de continuidade. Só que minha preocupação é com o projeto coletivo. Projeto individual não”, avisou.

Maurílio Júnior – MaisPB