Prefeito baixa decreto e fixa preço do quilo da carne a R$ 12 com osso e R$ 15 sem osso

339

Inconformado com a alta dos preços, o prefeito de Lago Verde, no interior do Maranhão, Francisco Clidenor (Cidadania), baixou decreto e fixou os valores para venda da carne nos açougues da cidade que agora custam R$ 12 o quilo com osso e R$ 15 sem osso.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, o secretário de Fazenda do município, Geyson Aragão, arma que é “questão cultural” ter apenas dois preços para a carne nos oito açougues da cidade.

Ele disse que o preço – o mesmo cobrado em todos os açougues – sempre foi decidido em reuniões, nunca por decreto e diz ter se espantado com a decisão do prefeito.
Segundo ele, o aumento do preço da carne na cidade não está ligado à alta que ocorre no país, já que Lago Verde tem grandes fazendas de gado em seu entorno. “Conversei com os donos de açougue, e não está tendo boi. Os criadores não vendem a carne. E quando vendem, é com um preço alto.

Por isso os açougueiros não conseguem baixar o preço”, disse o secretário ao Estadão.