Presidente do PT confirma solidariedade a Ricardo: “Não abandonaremos o companheiro”

56

Depois que circularam informações em setores da imprensa paraibana sobre uma suposta orientação da cúpula nacional do PT para que os filiados e dirigentes se afastassem do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), o presidente do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, usou seu perfil nas redes sociais para desmentir a especulação. “Ricardo Coutinho esteve conosco na luta contra o golpe, o fascismo e a defesa da democracia, não será agora que estaremos separados e distantes”.

O suposto “descolamento” seria por causa da Operação Calvário que investiga desvio de recursos da Saúde e Educação através de organizações sociais e licitações fraudulentas nos governos de Ricardo, que foi preso na sétima fase da operação e depois posto em liberdade por força de um habeas corpus concedido pelo ministro Napoleão Maia, do Superior Tribunal de Justiça.