Governo justifica fala de Bolsonaro à ONU sobre auxílio emergencial

Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) do governo Jair Bolsonaro publicou nesta 3ª feira (22.set.2020) uma nota justificando declaração do presidente na abertura da 75ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

Na 2ª feira (21.set.2020), o presidente afirmou ter concedido US$ 1.000 em auxílio emergencial para 65 milhões de brasileiros. O valor foi calculado com base nas parcelas somadas, levando em conta a cotação da moeda norte-americana em abril deste ano, quando o benefício foi implementado.

De acordo com os dados apresentados pela Secom, 84,1% dos 67,2 milhões de beneficiários do auxílio receberam US$ 789, enquanto 15,9%, número correspondente às mães solteiras, receberam US$ 1.578. A conta apresentada pelo governo revela uma média de US$ 1.000 distribuídos, colhida a partir do orçamento das duas fases, e depois dividido pelos beneficiários totais.

Segundo a Secretaria, o orçamento total para o pagamento do auxílio é de R$ 333 bilhões. Relatório (íntegra – 1 MB) produzido pelo Ministério da Economia em 4 de setembro, no entanto, aponta custo total de R$ 321,8 bilhões com o programa.

 

MSN