“A Coronavac será produzida em SP, no Butantan. Será a vacina do Brasil”, afirmou o governador João Doria (PSDB), em mensagem publicada no seu Twitter, na tarde deste sábado (24).

Na mensagem, Doria acrescenta: “Agradeço a postura coerente e autônoma da Anvisa, ao liberar compra inicial de 6 milhões de doses da Coronavac. Reforçamos a importância da liberação de insumos para a produção das outras 40 milhões de doses”.

 O governador Doria e o presidente Jair Bolsonaro esquentaram nesta semana o debate sobre o imunizante chinês. Na quarta-feira (21), Bolsonaro desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a importar a vacina chinesa, decisão anunciada um dia antes.