Uma mulher foi presa após usar documentos falsos para se casar, na Paraíba. A polícia passou a investigar o caso depois de denúncias realizadas pelo número 197. A prisão aconteceu neste sábado (16), durante uma visita íntima a um preso – marido da suspeita.
A delegada Jozenize de Andrede, da Delegacia de Defraudações de João Pessoa, informou que “a polícia recebeu uma denúncia em outubro do ano passado, que dizia que uma mulher foragida da justiça vinha fazendo o uso de documentos falsos e que iria se casar. Nós passamos a investigar e descobrimos que a pessoa com quem ela estava oficializando a união era um presidiário recolhido no sistema prisional”, adiantou.
“Percebeu-se que ela fazia visitas íntimas também com o uso dos documentos. Essa senhora já tem mandado de prisão no Ceará. Então, hoje, ela estava em visita íntima e foi presa, e autuada em flagrante”, completou.
A mulher foi encaminhada à Central de Polícia, na capital. De acordo com a investigadora, o crime qual a mulher responde é tráfico. “Ela deu entrada no processo para casamento com documentos faltos em virtude da condição irregular da documentação”, finalizou.
Veja o momento em que a suspeita é conduzida