O Instituto Butantan informou que o lote de CoronaVac aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial nesta sexta-feira (22) tem 4,1 milhões de doses.
 

A estimativa inicial de produção era de 4,8 milhões de doses a partir dos insumos vindos da China. “Após processo de envase e conferência do lote, no entanto, o número de doses produzidas no complexo fabril da instituição foi de 4,1 milhões”, informou o instituto em nota.

Após a decisão da Anvisa, 900 mil doses foram liberadas imediatamente ao Ministério da Saúde. As doses restantes serão enviadas após inspeção de controle de qualidade. O instituto informa que o cronograma firmado com o governo federal está sendo cumprido. A previsão é que 8,7 milhões de doses da vacina sejam entregues até 31 de janeiro. Com o material disponibilizado nesta sexta, a soma chega a 6,9 milhões.
R7