Cerca de 8,6 milhões de trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos poderão sacar o PIS/Pasep (Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público) a partir desta terça-feira (9).

 

O pagamento deste lote do ano salarial, que contempla os nascidos em maio e junho, no caso do PIS, estava previsto para ser pago, inicialmente, no dia 17. Com a antecipação do calendário, esses beneficiários receberão juntamente com os nascidos em março e abril. No caso do Pasep, também houve antecipação e serão beneficiados funcionários públicos com final de inscrição 6, 7, 8 e 9.

Na iniciativa privada, que abrange os trabalhadores inscritos no PIS, são mais de 7,5 milhões beneficiados, totalizando o montante de R$ 5,9 bilhões.

No serviço público, que atinge os profissionais inscritos no Pasep, serão pagos cerca de 1,1 milhão de abonos, totalizando cerca de R$ 1,1 bilhão.

Como receber?
No caso dos trabalhadores da iniciativa privada, quem tem conta na Caixa poderá sacar o dinheiro com o cartão da conta ou movimentá-lo via internet banking no celular ou computador.

Para quem não possui, foram abertas de forma automática e gratuita contas poupança social digital que são movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem.

Nos casos em que o valor do abono salarial não possa ser creditado em conta existente ou em poupança social digital, o trabalhador poderá realizar o saque com o cartão do cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências, a partir do dia 11/02.

No caso dos servidores públicos, quem é correntista do Banco do Brasil terá o valor creditado na conta.

De acordo com nota emitida pelo BB, 500 mil trabalhadores possuem direito ao abono salarial e são correntistas ou poupadores da instituição.