A ministra Laurita Vaz, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), decidiu por derrubar a necessidade de recolhimento noturno, imposta por medida cautelar pela Justiça, para a deputada estadual Estela Bezerra (PSB).

A deputada foi alvo de uma das fases da Operação Calvário, da Polícia Federal, responsável por apurar fraudes e desvios na saúde pública da Paraíba. A medida determinava que Estela deveria permanecer recolhida em sua residência das 22h às 6h.

A ministra considerou que os crimes imputados a deputada não têm ligação com a permanência em sua residência. Estela chegou a ser presa no mês de dezembro de 2019, mas foi solta por decisão da Assembleia Legislativa.

G1 Paraíba

Compartilhe nas redes socais:

Facebook Comments