O governador João Azevêdo (Cidadania) confirmou na manhã desta terça-feira (9) que o serviço público estadual deve ser totalmente suspenso de forma presencial com novo decreto que será detalhado hoje. Apenas os serviços essenciais serão mantidos, declarou. O toque de recolher será renovado.
Segundo João, o novo decreto terá poucas modificações. Ele não quis adiantar todas medidas, que ainda serão discutidas durante o dia de hoje. Uma multa para quem não usar máscaras também também será decretada.
“Em função da taxa hospitalar e a velocidade que os casos estão acontecendo, se faz necessário a prorrogação das medidas estamos finalizando hoje como será feito o decreto. Estamos buscando a proteção, a vida. Não há forma sem distanciamento, o isolamento e a vacina para enfrentar a Covid”, disse à Tv Cabo Branco.
Ele confirmou que “deve permanecer o toque de recolher, estamos trabalhando para que o serviço público estadual seja totalmente suspenso, ficando as atividades essenciais. São medidas complementares ao que o decreto anterior previa”.
João ainda relatou que o decreto virá com mais restrições, mas não serão grandes modificações.

Por fim citou Campina Grande dizendo que o prefeito não pode se limitar em fazer apenas uma análise só de Campina Grande, veja o vídeo;