O Banco Central informou nesta quinta-feira (22) que, a partir de 30 de abril, trabalhadores que recebem o auxílio emergencial poderão usar o PIX para movimentar o dinheiro do benefício.

O PIX é um sistema de transferências de recursos em tempo real, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, sem a cobrança de tarifas para pessoas físicas.

Atualmente, os beneficiários do auxílio emergencial não podem usar o PIX. De acordo com o BC, a partir de 30 de abril serão bloqueadas apenas transferências para contas de mesma titularidade.

“Tal excepcionalidade se faz necessária visando a proteção dos usuários, uma vez que tais recursos não podem ser objeto de descontos ou de compensações que impliquem a redução do valor do auxílio”, acrescentou a instituição.

R$ 44 bilhões em 2021

Neste ano, segundo o painel do Tesouro Nacional, estão previstos pagamentos de R$ 44 bilhões em auxílio emergencial para a população de baixa renda.