Prefeitura de Caldas Brandão (foto: reprodução)

O Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça da cidade de Gurinhém, está investigando denúncia sobre a existência de possíveis servidores fantasmas na prefeitura de Caldas Brandão, a qual é comandada pelo prefeito Fábio Rolim (MDB).

O caso veio à tona neste domingo (02), durante o programa Paraíba em Debate (das 07h as 10h da manhã), da Rádio Rural de Guarabira, onde os jornalistas Marcos Silva e Josenilson Avelino revelaram ao público o fato que logo repercutiu em meios de comunicação da capital.

De acordo com a denúncia investigada sob a Notícia de Fato nº 007.2021.000103, servidores da prefeitura, dentre eles detentores de cargos efetivos e comissionados, não estariam dando o devido expediente, porém, recebendo seus salários normalmente. Junto à denúncia, uma relação com diversos nomes e respectivas funções dos possíveis servidores “fantasmas” também foi entregue o Ministério Público.

Os servidores já seriam detentores de cargos desde a gestão anterior (prefeita Neuma Rolim) e, teriam sido nomeados novamente pelo atual prefeito, Fábio Rolim.

No dia 1º de abril, uma Certidão foi expedida certificando que, em pesquisa ao SAGRES (sistema do Tribunal de Contas da Paraíba), cerca de vinte nomes foram confirmados como ocupantes de cargos comissionados no município já na folha de janeiro de 2021.

Confira o trecho em áudio do programa Paraíba em Debate onde o assunto veio à tona:

 

Nordeste 1