O Ministério Público Federal (MPF) converteu em inquérito civil um procedimento preparatório que investiga possíveis irregularidades na compra de combustíveis para o transporte de alunos da Zona Rural do município de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, durante o período de suspensão das aulas presenciais em virtude da pandemia da Covid-19.

A portaria foi publicada em edição do Diário Oficial do MPF e assinada pelo procurador da República, Felipe Torres Vasconcelos.

Próximos passos

A partir do inquérito, será possível coletar elementos para auxiliar o órgão nas investigações sobre as supostas irregularidades.

 

Do Paraíba.com