O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou, nesta sexta-feira (21), que um eventual apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2022 ocorrerá somente se não houver um postulante do PSDB no segundo turno do pleito.

O esclarecimento do tucano ocorreu depois da repercussão do encontro entre ele e o petista, com a publicação de foto nas redes sociais.

“Reafirmo, para evitar más interpretações: PSDB deve lançar candidato e o apoiarei; se não o levarmos ao segundo turno, neste caso não apoiarei o atual mandante, mas quem a ele se oponha, mesmo o Lula”, escreveu Fernando Henrique em seu perfil Twitter, em referência às eleições presidenciais de 2022.

Confira:

Do Polêmica Paraíba